Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro

Somos um movimento de organizações da sociedade que a partir da identificação, sistematização e mapeamento de experiências procura se articular no estado com o objetivo de fortalecer as iniciativas agroecológicas

CREA-RJ premia Escolinha de Agroecologia de Nova Iguaçu

PARABÉNS ESCOLINHA DE AGROECOLOGIA DE NOVA IGUAÇU!

A Escolinha de Agroecologia de Nova Iguaçu, projeto realizado em parceria pela CPT – Comissão Pastoral da Terra – e EMATER-RIO/Nova Iguaçu, acaba de ser agraciada com o Prêmio Crea-RJ de Meio Ambiente. A solenidade de entrega do prêmio aconteceu no dia 6 de dezembro às 18:00 horas na sede do CREA, à rua Buenos Aires 40, no centro do Rio de Janeiro. É a segunda premiação do projeto, que em 2009 recebeu o Prêmio Baixada na categoria Meio-Ambiente, prêmio esse conferido pelo Fórum de Cultura da Baixada Fluminense.
A Escolinha de Agroecologia é um projeto de capacitação de agricultores, estudantes de ciências agrárias e agentes de pastoral, com carga horária de 120 horas, que aborda temas como introdução à agroecologia; manejo ecológico do solo, práticas conservacionistas, adubação verde, compostagem e substratos alternativos para sementeiras; vermicompostagem; inoculação de sementes de leguminosas; águas – uso racional, conservação e legislação; visão crítica sobre história dos agrotóxicos e transgenia; identificação de pragas e doenças das plantas; métodos alternativos de controle de pragas e doenças; sistemas agroflorestais; homeopatia aplicada à agropecuária; piscicultura; apicultura; criação de aves semi-confinadas; saneamento rural, entre outros. Procura-se mesclar aulas teóricas (ilustradas com vídeos de curta duração e apresentações digitais) e práticas, com demonstrações de método e excursões. As aulas são quinzenais e vão de março a dezembro. Entre os instrutores há técnicos da EMATER-RIO, pesquisadores da EMBRAPA Agroecologia e da PESAGRO-RIO, da FIPERJ, do Instituto Logus (MG), da UFRRJ e também produtores rurais, alguns dos quais também são alunos.
A Escolinha já existe há 4 anos e vem capacitando uma média de 40 alunos por ano, oriundos dos municípios de Nova Iguaçu, Japeri, Queimados, Paracambi e Duque de Caxias. Muitos dos alunos são componentes de diretorias de associações e cooperativas de produtores rurais, e membros de Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural.
Em 2010, a Escolinha de Agroecologia de Nova Iguaçu recebeu apoio financeiro do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), CPT, Cáritas Brasileira, AS-PTA e CISV, além do apoio da Igreja  Nossa Senhora de Fátima e São Jorge em Nova Iguaçu, onde são ministradas as aulas teóricas.
FONTE: http://emater-rio-eslocni.blogspot.com/ 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 07/12/2010 por em Uncategorized.

Fotos da AARJ

%d blogueiros gostam disto: