Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro

Somos um movimento de organizações da sociedade que a partir da identificação, sistematização e mapeamento de experiências procura se articular no estado com o objetivo de fortalecer as iniciativas agroecológicas

CEASA-RJ e Prefeitura do Rio começam a monitorar uso de agrotóxicos

A Unidade Grande Rio da CEASA-RJ foi alvo de uma ação educativa sobre o uso indiscriminado de agrotóxicos, realizada pela Subsecretaria de Vigilância Sanitária da Prefeitura do Rio em parceria com a própria direção da Central de Abastecimento. Durante a semana, técnicos da vigilância orientaram comerciantes e produtores com relação aos cuidados com os níveis de agrotóxicos nos alimentos que são comercializados e que chegam à mesa dos cidadãos, além disso foram recolhidas amostras de alface, pepino e maçã. As amostras serão enviadas para o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA), do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, que tem o objetivo de adotar medidas de controle, através de ações como a que ocorreu na CEASA-RJ. De acordo com a técnica da Vigilância Sanitária Municipal, Jane Azevedo, a intenção é aproveitar a parceria com a Central de Abastecimento para iniciar o monitoramento do uso de agrotóxicos nos produtos comercializados “Neste primeiro momento, o intuito não é repreender, mas sim analisar os produtos e dar orientações aos comerciantes. Com a ajuda da CEASA-RJ ficou mais fácil fazer essa ação”, ressaltou. Os resultados da coleta serão encaminhados para a CEASA-RJ, a fim de colaborar com trabalho de rastreabilidade dos alimentos que está sendo implantado pelo setor de agroqualidade da empresa. O presidente da CEASA-RJ, Leonardo Brandão, destacou que é dever da Central de Abastecimento facilitar o contato dos técnicos da vigilância com os produtores e comerciantes do entreposto. “Esse trabalho já estava sendo construído com o Ministério Público, Fiocruz, dentre outros órgãos. Desde que assumimos a gestão da empresa, procuramos desenvolver atividades voltadas a garantir que os alimentos sejam oferecidos em padrões de excelência. Estamos desenvolvendo atividades com nossos técnicos, nutricionistas, engenheiros ambientais e veterinários”, frisou Brandão. Os produtores aprovaram a medida e se colocaram à disposição para colaborar com futuras iniciativas. “É muito bom poder ajudar e mostrar o quanto o uso de agrotóxicos é perigoso para saúde. Nós temos que ter consciência do problema e ajudar a combater”, disse Vanderleia Gomes, que comercializa alface há três anos no Mercado Livre do Produtor da Unidade Grande Rio. FONTE: http://www.ceasa.rj.gov.br/detalhe_noticia.asp?ident=223

Anúncios

Um comentário em “CEASA-RJ e Prefeitura do Rio começam a monitorar uso de agrotóxicos

  1. Emmiline
    03/07/2012

    Gostei. Mas produto de exelencia seria somente organico e o objetivo deveria ser sim de apreender e mudar os que estao fora do que é supostamente permitido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Fotos da AARJ

%d blogueiros gostam disto: