Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro

Somos um movimento de organizações da sociedade que a partir da identificação, sistematização e mapeamento de experiências procura se articular no estado com o objetivo de fortalecer as iniciativas agroecológicas

MST realiza a III Feira Estadual da Reforma Agrária no RJ

MST realiza a III Feira Estadual da Reforma Agrária no RJ

2012-12-14 por Vívian Viríssimo Em defesa da Agricultura Camponesa, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST realizou a Feira Estadual da Reforma Agrária nos dias 10 e 11 de dezembro, no Largo da Carioca, centro do Rio. Priorizando a produção de alimentos sadios e de qualidade, a Feira é um contraponto ao modelo hegemônico voltado para a monocultura, produção para exportação, superexpoloração do trabalho e degradação e poluição ambiental. Veja álbum de fotos por Henrique Zizo “É para apresentar uma alternativa contra essa situação que prejudica o meio ambiente, os agricultores e os consumidores de produtos que estamos aqui realizando uma mostra de produtos da Reforma Agrária. Este é um evento em defesa da Agricultura Camponesa já que a produção com utilização de técnicas de agroecologia garantem, ao mesmo tempo, o equilíbrio com a natureza e o aumento da produtividade”, defendeu Nivia Silva, dirigente estadual do MST RJ. Para o agricultor Daniel Vieira Jr., do assentamento Terra Prometida de Nova Iguaçu, a feira foi um troca de experiência importante com a sociedade para divulgar os produtos e a experiência da agroecologia. “A feira mostra para a sociedade que a agricultura camponesa é muito mais importante que o agronegócio. Ela é um contraponto às grandes empresas que matam, poluem e trazem prejuízos. O povo sem terra está firme lutando por isso e estamos no rumo certo, disse Daniel Vieira Jr. Nos dois dias de feira, o assentado comercializou mandioca, batata doce, maxixe, quiabo e jaca produzidos sem agrotóxicos. “Nossa produção tem zero de veneno, é tudo agroecológico. Com isso, rompemos com a lógica de alimentação de produtos com uso abusivo de agrotóxico. Infelizmente, quem mais come alimentos contaminados é a classe pobre. Não concordamos com isso, pois o povo trabalhador merece respeito e merece comer um alimento saudável”, acrescentou. A feira é construída com o apoio de organizações que acreditam que a reforma agrária esta ligada diretamente na solução de problemas históricos das cidades, e a Feira Estadual da Reforma Agrária é mais um elemento no fortalecimento da relação campo e cidade. Este ano a feira deu um salto de qualidade em relações às outras duas edições da mostra. No total, foram comercializadas 15 toneladas de alimentos produzidos por assentamentos localizados em todas as regiões do Estado. O primeiro dia de feira (10) contou com um ato pelo direito humano à alimentação saudável e intervenções lúdicas da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida. O deputado federal Marcelo Freixo, do PSOL, esteve presente neste dia, que ainda contou com um show de forró da banda Caramuela. A feira terminou no dia 11, com o Encontro das Amigas e Amigos do MST. Veja vídeo produzido pela TV Memória Latina: FONTE: http://mstrio.casadomato.org/mst-realiza-a-iii-feira-estadual-da-reforma-agraria-no-rj/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Fotos da AARJ

%d blogueiros gostam disto: