Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro

Somos um movimento de organizações da sociedade que a partir da identificação, sistematização e mapeamento de experiências procura se articular no estado com o objetivo de fortalecer as iniciativas agroecológicas

“Existe Agricultura no Rio de Janeiro!”: Caravana do RJ anuncia suas rotas e propostas

reuniao serramar2

De 24 a 28 de novembro de 2015 o estado do Rio de Janeiro receberá a terceira Caravana Agroecológica e Cultural do Projeto Comboio Sudeste.

A nova data já está na agenda. De 24 a 28 de novembro de 2015 o estado do Rio de Janeiro receberá a terceira Caravana Agroecológica e Cultural do Projeto Comboio Sudeste. Realizado pela Universidade de Viçosa (UFV) em parceria com os Núcleos de Agroecologia de algumas universidades da Região Sudeste, o projeto tem como objetivo fortalecer as inúmeras e ricas iniciativas agroecológicas existentes no sudeste. Através da construção de uma rede de núcleos que permita dar visibilidade as ações desenvolvidas em cada estado, o projeto busca potencializar o ensino, a extensão e as pesquisas desenvolvidas sobre agroecologia na região.

Ao escolher como tema central “Existe Agricultura no Rio de Janeiro!”, a Caravana RJ se desafia a traçar olhares sobre todo o estado e a investigar os desafios e potencialidades da agroecologia vivenciados em diferentes contextos de vida e produção no último período. Apesar dos avanços com a Pnapo – Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica, o estado do Rio de Janeiro permanece com baixos investimentos no campo da agricultura familiar, na invisibilização e ameaça as suas práticas agrícolas tradicionais e assiste a diversos e intensos impactos e violações dos direitos dos trabalhadores/as, dentre os quais destaca-se as agricultoras e agricultores.

A Caravana no Rio de Janeiro assume articulação estadual e se desafia a aprofundar, a partir do exercício de análise da Caravana, essas e outras questões no Seminário Estadual e no Ato Público que reunirá os participantes em Casimiro de Abreu, nos dias 27 e 28, últimos dias da Caravana.

Expressões da Agroecologia: 4 rotas cortarão o estado

A delegação de São Paulo pega o trem do Comboio rumo à Costa Verde, onde experiências agroflorestais e agroecológicas relacionadas ao Fórum de Comunidades Tradicionais mobilizarão as visitas e debates. Quem vem do Espírito Santo segue pela Região Norte Fluminense onde experiências protagonizadas por mulheres orientarão a rota que passa por assentamentos da Reforma Agrária e por áreas de conflitos com a mineração e por grandes empreendimentos, como os portuários.

Duas rotas recebem os Caravaneiros que chegam de Minas Gerais. Um grupo segue para Teresópolis onde experiências de comercialização e certificação de alimentos serão visitadas na região Serrana. A mesma região que recebe o título de maior consumidora de agrotóxicos no estado e onde os conflitos e desafios da transição agroecológica se avolumam e complexificam. Outra rota segue para Bom Jardim e Nova Friburgo, onde a cultura, o diálogo com as unidades de conservação e atividades educativas se configuram como estratégias de enfrentamento e resistência camponesa.

Culminância na Região SerraMar

Onde a Serra e o Mar se encontram. Este será o ponto de convergência da Caravana após alguns dias percorrendo o estado em diferentes rotas. Em uma região singular na história da construção da agroecologia no estado, os cerca de 120 participantes – público esperado – serão acolhidos para os últimos dias da programação que envolve visitas às experiências da região e outras atividades conjuntas.

Na região SerraMar, agroflorestas, viveiros de mudas florestais, banco de sementes, agroturismo e pequenas experiências de feiras são algumas das experiências construídas por famílias e técnicos que vivem e trabalham em assentamentos, quilombos e pequenos sítios em Araruama, Silva Jardim, Casimiro de Abreu e Rio das Ostras – municípios onde concentram-se as experiências articuladas na região. Pouco apoio do poder público, fragilidade na assistência técnica e extensão rural, intenso uso de agrotóxicos e outros problemas marcam a resistência da agroecologia da região.

Além das visitas, do Seminário Estadual e do Ato Público, um grande show – previsto para sexta-feira, dia 27 – reunindo expressões culturais do estado, prometem ocupar a praça de Casimiro de Abreu para uma noite de apresentações e atividades nas quais seja possível dialogar com a sociedade.

Preparem as malas: como participar?

No Rio de Janeiro a Caravana é realizada em parceria com o Núcleo Interdisciplinar de Agroecologia da UFRRJ (NIA), pela Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro (AARJ) e pelos parceiros da agroecologia no estado e na região. A interação com o lugar é sempre um processo de mão dupla, e os participantes que vierem à Caravana do RJ chegarão organizados em delegações e comissões que, desde a relatoria – que sistematizará as vivências -, até a organização dos espaços de convivência, terão o compromisso de construir a terceira Caravana do Projeto Comboio.

As atividades unificadas em Casimiro de Abreu serão abertas e terão seu público limitado ao tamanho dos espaços que sediarão. A participação nas rotas segue as orientações e as possibilidades construídas com os estados de SP, MG e ES (ver contato de cada estado abaixo). As vagas do Rio de Janeiro nas rotas serão prioritariamente ocupadas por agricultoras e agricultores que seguem em comboio até o ponto de culminância.

O recado das Caravanas é preparar as malas, sempre com o cuidado de deixar espaços para caber histórias de lutas, de conquistas e de celebrações, além de novas propostas de pesquisa, ensino e extensão. Mais informações, em breve. Dúvidas? Escreva para os contatos abaixo.

Contatos | Projeto Comboio Agroecológico do Sudeste

comboiornea@gmail.com

https://agroecologiasudeste.wordpress.com/

Bolsista Comboio por Estado:

RJ – Larissa Cabral: larissacabralufrrj@gmail.com

SP – Gabriela Menezes: gmtdmenezes@hotmail.com

ES – Raquel Ramos: raquelcrsjm@gmail.com

MG – Fabrício Zanelli: fabricio.zanelli@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Fotos da AARJ

%d blogueiros gostam disto: