Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro

Somos um movimento de organizações da sociedade que a partir da identificação, sistematização e mapeamento de experiências procura se articular no estado com o objetivo de fortalecer as iniciativas agroecológicas

ROTA CUIDAR-SE

Desde o início na concepção da nossa ideia uma das principais perguntas que tínhamos era: como organizar uma logística que faça chegar  tantos produtos de lugares variados num mesmo lugar? Sabemos que a logística é um dos grandes desafios da nossas experiências de agricultura familiar e camponesa e de agroecologia. Mas assim como, cada vez mais, essas experiências constroem alternativas coletivas que dêem conta de construir circuitos que aproximam produção e consumo, nós também conseguimos realizar no nosso circuito curto de produtos para a saúde e o auto-cuidado.

Como tudo havia dado certo na primeira, jogamos umas boas pitadas de dificuldades para esta segunda . A partir da nossa Campanha que foi realizada de forma transparente por uma rede de confiança que é para nós o “fiar com amor”, no qual tivemos 66 doações individuais além das doações institucionais.- Incluímos mais produtoras e com isto novos produtos, contendo nas Cestas: sabonete ecológico, sabão em pó com mano verde, tintura, pomada de ervas medicinais, compostos, óleo de massagem, açafrão em pó, ervas secas variadas, sal grosso para escalda pés, um livro de receitas realizado pelo GT Mulheres em parceria com o Instituto Pacs, as mudas e o nosso tão querido Caderno Acolhedor.

Foram 115 Cestas Cuidar-se, nesta Rota  além das Mulheres que estão de frente em seus territórios no enfrentamento ao Covid, receberam também mulheres agricultoras, feirantes que defendem no dia o direito a terra e a comidade de verdade para todas e todos e continuam em tempos de pandemia. Os Territórios de entrega também aumentaram! Ampliamos a entrega para outros municípios além da capital: fomos da região norte até a Costa Verde! E um dos produtos da cesta, as mudas, desta vez foram produzidas por agricultoras de cada território contemplado!

 O projeto das Cestas Cuidar-se é uma ação concreta de enfrentamento à pandemia e de construção de redes de solidariedade feminista e agroecológica. Faz sentido em cada território que chega pois foi pensando a partir da demanda das mulheres, numa escuta ativa do que vinha acontecendo com nossas vidas nos temos de pandemia e numa solidariedade ativa de buscar estarmos próximos, ainda que longes devido o distanciamento.  A cada território que as Cestas chegam, recebemos relatos e registros de muita potência, e vem frutificando muito com o fortalecimento entre mulheres locais,  realização de campanhas inspiradas no Cuida-se, hortas medicinais  e uma grande rede de apoio mutuo e de afeto.

Faz sentido para o GT Mulheres a ampliação das práticas de cuidado e autocuidado a partir do que já praticamos no movimento agroecológico, ligando campo e cidade, feminismo e autogestão. Faz sentido também quando pudemos iniciar o nosso tão sonhado Fundo Rotativo Solidário a partir da doação de itens para a cesta que geraram um fundo onde será pensado como viabilizar e facilitar o suprimento de necessidades das mulheres diretamente ligadas ao GT. E assim amplos e diferentes frutos são resultado de toda essa grande rede de amor e luta
Postaremos aqui no blog da #aarj nossa prestação de contas em breve (ainda estamos realizando os últimos pagamentos)!

Agradecemos mais uma vez todo mundo que ajudou o projeto

Abraços afetuosos da coletiva CUIDAR-SE

Emilia Jomalinis, Marcelle Felippe, Marjorie Botelho, Renata Souto, Tadzia Maya, e Vanessa Schottz

#semfeminismonaotemagroecologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 02/09/2020 por em Uncategorized.

Fotos da AARJ

%d blogueiros gostam disto: