Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro

Somos um movimento de organizações da sociedade que a partir da identificação, sistematização e mapeamento de experiências procura se articular no estado com o objetivo de fortalecer as iniciativas agroecológicas

Coordenação Política da AARJ: articulando e mobilizando os territórios do RJ

Começamos 2020 nos resguardando e reaprendendo a lidar com a vida. Foi um período de reorganização dos movimentos perante à pandemia, seguido de uma avalanche de ameaças relacionadas aos mercados e políticas públicas, como a suspensão de feiras, assim como remoções e até alguns assassinatos, que nos forçaram a retomar nossa articulação e debate interno. Essas questões mobilizaram reuniões do Grupo Executivo, do Grupo de Políticas Públicas e o de Mercados, cuja articulação política culminou na produção de uma carta para frente parlamentar, e a prefeitura. Percebendo esse movimento de maior articulação entre os GTs, e necessidade de integração das pessoas e suas demandas, criamos a Coordenação Política para cumprir o papel de fazer a mobilização e a articulação das regiões e dos GTs, colocando mais força na articulação política, e descentralizando algumas tarefas do Grupo Executivo. Realizamos 4 reuniões da Coordenação Política em 2020, e nesses processos de mobilização fortalecemos a Coordenação com representações de cada Regional e cada GT, o que foi muito importante para nossa articulação interna.

Foto 1: Arte representando a Articulação de Agroecologia feita por Leonis Silva para o primeiro Boletim da AARJ de 2020

Continuando a caminhada no ano de 2021, realizamos uma sucessão de 3 encontros ao início deste ano para fazer uma revisão das nossas ações dentro da conjuntura política que estamos vivendo, e entender como estamos nas regionais e GTs para repensar como nos organizamos, e que estratégias iremos seguir em 2021. Esses encontros aconteceram nos dias 24 e 31 de março e 14 de abril. Debatemos questões importantes para nossa organização interna e para o direcionamento de nossas ações individuais e coletivas

  • Assumimos diversas campanhas que estão presentes no nosso cotidiano como: Campanha contra fome / solidariedade; Cuidados pandemia; Vacina já; Auxílio emergencial já; Combate ao genocídio e ao fascismo; Foooooora Bolsonaro; e a Licença pra quê;
  • Percebemos que os grupos de trabalho, juventudes e comunicação, precisam de reforço. Precisamos incentivar que mais pessoas das regionais integrem esses grupos de trabalho, bem como um reforço para a Regional Serrana que segue sem representatividade na Coordenação Política;
  • Uma pauta importante foi a iniciativa Agroecologia nos Municípios. Pudemos conhecer melhor o que é, quais objetivos, e como a AARJ poderia se inserir e incentivar a iniciativa;
  • Falamos da necessidade de renovação do Grupo Executivo, já saiu a CPT e entrou a Rede CAU, por enquanto a CEDRO continua mas quer sair; 
  • Outra pauta foi a questão de integrar as regionais, precisamos saber como elas estão se organizando, quais suas agendas, e saber quais são as estratégias de representação, seja na Frente Parlamentar, ou no CEDRUS, o que é ser um representante da AARJ;
  • Refletimos que seria interessante fazer ao mínimo 2 e melhor se forem 3 reuniões da Coordenação por ano, com objetivo de circular as informações no território e mobilizar as regionais. 

Concluímos as reuniões pensando nas políticas públicas, e nos agenciamentos políticos. Entendemos que: temos que continuar a ganhar força para reverter essa conjuntura, fazendo formações; e que essas ações do Agroecologia nos Municípios são potentes e podem fortalecer outros territórios, cada município poderia pensar o que é possível na sua realidade, não fazer igual. O que essa discussão nos mobiliza para nos fortalecer localmente? A ideia é que com essas reuniões a gente consiga espraiar essas informações e fortalecer os outros territórios.

Foto 2: Registro das pessoas presentes na Reunião da Coordenação política dia 17/08/2021

Mais recentemente, no dia 17 de agosto realizamos uma outra reunião de dia inteiro para retomar a conversa, ouvir novidades e movimentações dos territórios, fechar alguns encaminhamentos importantes e iniciar algumas ações integradas. Para a apresentação das ações dos territórios, sobre o tema de políticas públicas, o grupo executivo preparou uma metodologia de Instalação pedagógica onde os representantes das regionais falaram de suas experiências, enquanto as ideias principais estavam sendo sistematizadas junto a imagens representativas. Este material produzido na Instalação pedagógica pode ser visualizado aqui .

A reunião foi muito produtiva, e em resumo tivemos as seguintes conclusões:

  • Nossas ações integradas com a iniciativa Agroecologia nos municípios dão base e acúmulos para escrita de uma carta política;
  • Regionais e GTs precisam mandar para coordenação política suas agendas de ações, assim podemos trocar mais e nos fortalecer; perceber que a articulação está viva, debater sobre temas como as eleições;
  • Precisamos de um momento coletivo da Coordenação Política para debatermos os repasses e questões dessa Câmara Técnica na CEDRUS (como as consultas públicas) pois temos ganhos políticos muito importantes e isso precisa ser amplamente debatido, e importante ser encarado também enquanto processo de formação, inclusive interagindo com a iniciativa Agroecologia nos Municípios, convergindo ações, e sobre a Frente Parlamentar de Agroecologia (sobre Orçamento, a LOA que vai para votação);
  • Precisamos de reforço na Juventude da AARJ, ajude a mobilizar a juventude no seu território, passe o formulário adiante! Segue o link,  t.ly/66v0
  • A próxima reunião da Coordenação Política será no final do ano fazendo uma avaliação, fechamento e planejamento das agendas do ano que vem pesando nas eleições.

Vemos que estamos em um momento de reorganização, de entendimento de nossas prioridades e desafios a serem enfrentados como coletivo. Para ter acesso ao relato completo em forma de facilitação gráfica só clique aqui . A comunicação aparece como um ponto chave para as regionais e os GTs realmente se integrarem, bem como para aumentarmos a representatividade política em processos de consulta como na implementação da PEAPO (Política Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica). Têm muitas ações acontecendo nos territórios, anúncios e denúncias, isso mostra a ramificação e potência da AARJ. Essa reunião foi uma grande injeção de ânimo, ao ver a grande participação das pessoas presentes, nós que temos um compromisso coletivo com a construção da AARJ, e das ideias e afetos que queremos realizar em nossas comunidades.

Vamos contribuir pra manter essa rede viva, manter esse fluxo de informações !

Compartilhe com a gente o que tem acontecido no seu território, pode ser uma novidade, algo individual ou coletivo, pode nos mandar por e-mail, agroecologiario.2021@gmail.com , ou pode entrar nesse grupo de WhatsApp onde compartilhamos novidades da AARJ, encurtador.com.br/fORX9

Seguimos junts na luta!


Comida no prato!
Vacina no braço!
Fooora bolsonaro!

Segue abaixo as produções gráficas referidas no texto:

Escrito por Luísa Mushu do GT Comunicação da AARJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Fotos da AARJ

%d blogueiros gostam disto: